sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Mãe Coruja em Stª Mª da Boa Vista faz grande homenagem aos pais em seu dia



.
                                                         Feliz dia dos pais




..Não é porque ele é meu pai
Que eu escrevi esses versos
É que ele se sobressai
Entre os pais do universo
Queria ser mais que um poeta
Nessa rima que se encerra
E essa canção ser um troféu
Pois pra mim é Deus no céu
E o meu pai aqui na Terra.

(Meu Pai, música Daniel)

     O mês de agosto no Canto Mãe Coruja de Santa Maria da Boa Vista também foi dedicado aos Pais. No canto, várias mensagens foram selecionadas em sua homenagem, sendo destacadas em mural. Ainda assim, fotos foram expostas constando em cartaz MEGA PAI CORUJA. Os pais que encontravam suas fotos em destaque ficaram orgulhos, retiravam do mural e esta levava consigo.

     Os Pais corujas foram recepcionados com várias mensagens: “Papai eu amo você um tantão assim!”, “Pai é aquele que cuida, que ama, e que protege.” “Obrigado pai por fazer tudo isso e muito mais”, “Ser pai é: sorrir, chorar, sofrer, cuidar”. “Ser filho é: Agradecer todos os dias pela oportunidade de ter um pai como você.” “Pai às vezes te prometemos aquilo que não cumprimos, mas, o amor que temos por você será sempre presente e sincero...” Este é meu mega Pai Coruja” (ilustrado com foto).

    Foi assim que se homenagearam os pais corujas no canto. Vale ressaltar que os Círculos de Educação e Cultura também vivenciaram momentos especiais... Entrevistas, teatro, pai, repórter por um dia, palestra sobre sexualidade e pedofilia, comemoração do dia dos pais no CEC, tarde reflexiva com distribuição de mensagens e vídeo.

     Para culminar toda semana de homenagens, os pais foram recepcionados, com um delicioso café da manhã, promovido pela Secretaria de Ação Social, através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV, onde o Programa Mãe Coruja foi convidado a levar uma discussão e a exibição do Vídeo “O FAROL”. A exibição aconteceu de maneira simples e fascinante, onde cada participante se manifestou conforme a realidade na qual está inserida. Em ocasião e após café os 40 pais presentes foram homenageados com lindas canecas de louças coloridas. Este foi um gesto de carinho em demonstrar todas as maneiras de lhe falar da sua paciência, amor, valor e importância que tem na família. Por tudo isso e o que sempre fez, temos orgulhos de vocês. Pois, pais como vocês merecem todo nosso afeto.




...Ele é um raro diamante
De indiscutível valor
É meu amigo do peito
Eu tenho orgulho de falar
Esse homem tão direito
Diplomado em respeito
É um exemplo em nosso lar... (Meu Pai, música Daniel).













Matéria: Profissional do Canto Mãe Coruja em Stª Mª da Boa Vista - Silvana de Alencar Santos
Revisão:Setor de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana





Palmares - Mãe Coruja e município fazem palestra sobre "Amamentação um ganho para toda vida"


   Para celebrar a data e informar as mamães e gestantes sobre a importância do aleitamento materno, as profissionais do canto do Programa Mãe Coruja em Palmares, em pareceria com o PSF de São Sebastião, desenvolveram ações enfocando “A importância da Amamentação" – Semana Mundial de Aleitamento Materno, que aconteceu no dia 20 de agosto. O evento foi para esclarecer as principais dúvidas sobre amamentação através de palestra e vídeos, com a participação de enfermeiras, Coordenadora da Atenção Básica e profissionais do canto Mãe Coruja em Palmares. Após a palestra, houve troca de experiências entre as participantes, esclarecendo as principais dúvidas sobre amamentação. Nosso objetivo foi informar sobre o aleitamento materno e alimentação de lactentes e crianças na primeira infância.



Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Palmares- Lucinery e Luzia
Revisão:Setor de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Notícias do Programa Mãe Coruja Recife



Programa Mãe Coruja Recife promove o aleitamento materno através de suas ações





No último mês, o Espaço Mãe Coruja de Água Fria abordou, nas atividades coletivas, o tema “Aleitamento Materno Exclusivo” em consonância à semana mundial de aleitamento materno comemorada de 01 a 07 de Agosto.
A temática foi amplamente explorada por Manoel Adauto, Gerente do banco de leite do CISAM (Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros), que dentre outras questões abordou: a boa “pega”; o correto armazenamento do leite para futuras mamadas e/ou para doação de leite materno; como proporcionar um ambiente favorável à amamentação; relação e apoio familiar durante a gestação e período de amamentação.
 As gestantes e mães presentes no encontro participaram ativamente, por meio da troca de experiências e questionamentos, sobre o assunto, que foram esclarecidos pelo facilitador.
O direito de amamentar, garantido pela “Lei de proteção à mãe que amamenta: em qualquer hora e em qualquer lugar”, também foi abordado pelas técnicas do Espaço Mãe Coruja, com o objetivo de emponderar as mães e gestantes na luta pela garantia de seus direitos.








Mãe Coruja Recife participa do IX Simpósio Pernambucano de Aleitamento Materno






        O Programa Mãe Coruja Recife foi convidado para participar do Simpósio Pernambucano de Aleitamento Materno realizado pela Sociedade de Pediatria de Pernambuco em parceria com o IMIP, onde aconteceu o Evento no dia 22 de Agosto.
        Como o Mãe Coruja Recife vem como mais um instrumento de fortalecimento dos cuidados da Atenção Básica na gestação, além de estimular à vinculação entre mãe, filho e família foi apresentada pela Gerente do Programa, a seguinte temática: “Programa Mãe Coruja Recife: fortalecendo vínculos entre mãe e bebê”, suscitando uma reflexão para gestação acompanhada e cuidada de maneira integral.



Matéria: Profissionais do Mãe Coruja Recife
Revisão:Setor de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

O papel dos pais na formação das crianças é assunto do Circulo de Educação e Cultura no Mãe Coruja em Cabrobó








           Foi realizada no Círculo de Educação e Cultura do município de Cabrobó uma palestra com a Psicóloga do CREAS, Jaqueline, sobre o papel dos pais na formação das crianças. Com o objetivo de fortalecer o vínculo entre pais e filhos no seio familiar, reafirmando o compromisso do Programa Mãe Coruja Pernambucana, através dos CEC, de manter junta a família e garantir seus direitos. Na ocasião foi abordada a importância dos pais acompanharem a vida estudantil dos seus filhos bem como contribuir para a formação cidadã de cada criança, com exemplos e atitudes que fortaleçam os ensinamentos diários.
           A psicóloga apresentou slides sobre o tema evidenciando a presença de toda a família na formação da criança, relatando a importância de cada membro da família para a criança, desde os ensinamentos para com a criança até a proteção dos direitos e da dignidade que a ela é assegurado no Estatuto da Criança e do Adolescente. 

            O evento contou com a participação das mães, crianças e também de alguns pais. No intervalo da palestra aconteceu um momento de interação entre crianças e famílias com a brincadeira da pescaria, onde mães e crianças ‘pescavam’ juntas um peixinho que trazia na boca uma pergunta sobre o tema abordado durante a palestra, a família deveria responder juntos a pergunta, contribuindo para o fortalecimento harmonioso do lar. Ao final foi servido um lanche para todos os participantes. 









Matéria: Maria Lenilda de Souza Mororó - Profissional do CEC do Mãe Coruja em Cabrobó
Revisão:Setor de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Mãe Coruja em Stª Mª da Boa Vista participa da Semana da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla


Construindo uma história de igualdade e de oportunidades para todos! APAE BRASIL: 60 anos fazendo inclusão!



     Durante a Semana da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, a Secretaria Municipal de Educação através do Departamento de Apoio Psicopedagógico-DAP, convidou vários setores existentes no município para fins de vivenciar a Semana da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, sob tema“Construindo uma história de igualdade e de oportunidades para todos! APAE BRASIL: 60 anos fazendo inclusão!”. Sendo que o tema municipal foi conciso em “Vida Acessível”. 
    As atividades programadas envolveram escolas, programas,Policia Militar, departamentos municipais como CRAS, CREAS, Departamento de Cultura, AABB Comunidade, Conselho Tutelar, Mãe Coruja, Casa do Idoso, CAPS, Gabinete de Prefeito, Câmara de Vereadores. Entre outros. A semana se estendeu com uma programação variada.
· Abertura da semana da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla: Câmara Municipal e setores envolvidos
· Palestra com alunos e mães sobrePessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla e os seus direitos (CREAS)
· Cine DAP: Intocáveis (Mãe Coruja)
· Show Cultural: DAP
· Culminância em Praça Pública – Exposição de artes e atendimentos ao público dos setores.

      A realização dos eventos teve a finalidade de sensibilizar a comunidade boavistana nas questões da igualdade na perspectiva no campo dos direitos. Pois, a Igualdade corresponde a “qualidade ou estado de igual; paridade; uniformidade, identidade; justiça e equidade”, (FERREIRA). 

     Dessa forma, entendemos que tudo que é oportuno para uns, deve ser oportuno para todos, na medida de suas necessidades e especificidades. A igualdade é o equilíbrio na consecução dos direitos que se traduzem nas diversas políticas públicas: direito à saúde, direito à educação direito ao trabalho, direito à vida familiar, direito à eliminação de barreiras arquitetônicas, físicas, comunicacionais, informacionais, atitudinais.

    Assim o Programa Mãe Coruja esteve em praça pública em exposição de materiais artesanais das pessoas com deficiências. No oportuno, fez-se atendimentos ao público, sobretudo, crianças corujas com deficiências, fez-se cadastros, acompanhamentos de gestantes e crianças, fotos e orientação sobre a amamentação. Participaram e apoiaram do evento em torno de 200 pessoas no intento de incentivar a inclusão em prol das pessoas com deficiência intelectual e múltipla, mobilizando forças e reivindicando acesso igualitário aos bens sociais, sustentando um compromisso crescente e garantir qualidade de vida, autonomia, atenção integral e integrada em todo o ciclo da vida e inclusão social.






Matéria:   Profissionais do Mãe Coruja em Santa Maria da Boa Vista-PE
Revisão:Setor de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Mãe Coruja e Município movimentam a Semana Mundial do Aleitamento Materno em Santa Maria da Boa Vista




        No mês de agosto o Canto Mãe Coruja de Santa Maria da Boa Vista-PE, vivenciou junto com o Círculo de Educação e Cultura e alguns setores municipais CRAS, CREAS, DAP, CAPS, PSFs, Dep. De Cultura, Conselho tutelar) a importância do aleitamento materno, pois se acredita que a "amamentação é a intervenção preventiva mais eficaz que existe para evitar mortes de crianças menores de cinco anos". 


        Assim, no decorrer do mês algumas ações foram realizadas para o favorecimento do aleitamento materno. Como visita à maternidade, incentivando a amamentação, orientação nos atendimentos, visitas aos PSFs nos dias de pré-natal, estimulando o aleitamento materno, atividades educativas nos círculos de Educação e Cultura e ainda em praça pública mães e gestantes foram atendidas recebendo orientação sobre o Programa e a importância do aleitamento materno. Na ocasião, cerca de 60 mulheres (durante as atividades do mês) receberam folder explicativo informando sobre as vantagens do leite materno, o apoio à mulher na amamentação, as dicas para uma amamentação bem-sucedida. 

     Durante as atividades algumas curiosidades foram relembradas as mães. A saber:

· Crianças que são amamentadas durante uma média de sete a nove meses têm seis pontos mais de QI que crianças que recebem leite materno por menos de um mês. 

· A amamentação materna também ajuda as mães a perder peso e reduzir o risco de câncer de mama e câncer de ovário, como diabetes tipo 2.

· O leite materno é um dos fortes aliados no combate à mortalidade infantil.

· É um alimento que possibilita melhoramentos para o desenvolvimento da criança. Além disso, fonte de carinho, onde oferece tudo o que o bebê precisa no início da vida.

Sabe-se que embora a amamentação tenha aumentado em muitos países das Américas, ainda há muito a ser feito para otimizar as práticas de amamentação. Mas, graças ao incentivo, o Brasil, segundo pesquisas reduziu a taxa de mortalidade infantil. Sendo esta uma grande conquista construída a cada dia, com campanhas, doações de leite e o fortalecimento das políticas públicas voltadas para a família, a gestante e a criança.


Criança amamentada é criança bem alimentada e melhor preparada para crescer com mais saúde.



Matéria:  Silvana de Alencar- Profissional do Mãe Coruja em Santa Maria da Boa Vista-PE
Revisão:Setor de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana






Mulheres do Mãe Coruja em Sanharó recebem orientação sobre Aleitamento Materno

   

        No Canto em Sanharó na USF/PSF da Cidadania em 18 de agosto de 2014, foi realizada uma palestra sobre a SEMANA MUNDIAL DA AMAMENTAÇÃO 2014. Tivemos vinte mulheres participando da palestra, sendo elas: Gestantes, nutrizes, convidadas e mulheres acompanhadas pelo Programa Mãe Coruja do município. A palestra foi sobre o incentivo ao aleitamento materno; Mitos crenças e verdades sobre o aleitamento materno; houve uma rodada de conversas com as mães com trocas de experiências maternas, e sorteio de brinde infantil. Tivemos a participação de profissionais do Programa Mãe Coruja dos  Círculo de Educação e Cultura, dos Cantos, assim como a enfermeira do PSF/USF da Cidadania em Sanharó.



Matéria: Profissionais do  Mãe Coruja  em Sanharó 
Revisão:Setor de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Mãe Coruja Jupi com a parceria do Projeto Rondon realiza atividades com gestantes e mães do Programa



O mês de julho foi marcado por diversas atividades desenvolvidas pelo Projeto Rondon e destinadas ao Programa Mãe Coruja através do Canto Jupi. A primeira delas foi realizada com o tema “Saúde Bucal e orientações gerais para gestantes”. Nesta, foram abordados tópicos como alimentação durante o período gestacional, aleitamento materno e higienização bucal da gestante e do bebê.
Em seguida, o tema “Mulheres em foco”, despertou olhares e discussões em torno a ascensão, valorização e da violência contra a mulher. Levando em consideração as conquistas e desafios ainda existentes para o respeito pleno às mulheres.
Seguindo a linha do cumprimento de leis, foi abordado também o tema “Exploração sexual Infantil e na adolescência”, para que fosse despertado em cada um dos participantes da oficina, um olhar crítico sobre os cuidados básicos a serem tomados com nossas crianças, zelando pela sua integridade física e mental.
A última oficina contou com a parceria dos ACSs do município para identificar as principais epidemias da área e consequentemente poder orientar nossas mulheres/famílias a se proteger contra as possíveis doenças.
Durante as oficinas, contamos com a presença das mulheres dos Círculos de Educação e Cultura e de demais mulheres cadastradas no Canto Jupi. Momento este que foi muito proveitoso para a perpetuação das atividades vivenciadas.




Matéria:Profissionais do Canto Mãe Coruja Jupi: Angélica Sabrina dos Santos Azevedo e Edjane Maria da Silva
Revisão:Setor de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Canto Mãe Coruja Jupi em parceria com o CRAS promove Grupo de Acolhimento para mulheres do Círculo de Educação e Cultura







    Buscando vivenciar de maneira contínua o tema “Educação Infantil”, o Canto Mãe Coruja Jupi, em parceria com o CRAS do município tem realizado encontros quinzenais com mulheres dos Círculos de Educação e Cultura.



    A psicóloga do CRAS Natália Cosme tem trabalhado tópicos relacionados ao período gestacional, primeiros anos de vida, uso da chupeta e mamadeira, técnicas para acalmar a criança e hora do parto. Forma-se então, uma discussão a respeito de cada tópico abordado visando a compreensão e interação entre as participantes.


    O Grupo de Acolhimento funciona na quinta-feira a tarde, onde, enquanto as mães recebem orientações sobre educação infantil, as crianças estão em um espaço de recreação com atividades, brincadeiras e dinâmicas.  









Profissionais do Canto Mãe Coruja Jupi: Angélica Sabrina dos Santos Azevedo e Edjane Maria da Silva
Revisão:Setor de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana