terça-feira, 1 de setembro de 2015

Bom Conselho - Mãe Coruja realizou ação sobre a Violência contra Crianças e Adolescentes




    O  Mãe Coruja, através de seus profissionais do Canto em Bom Conselho, realizou ação sobre a Violência contra Crianças e Adolescentes. A ação aconteceu para as mulheres participantes do CEC da Parmalat, ACS e demais profissionais da área, neste dia 24 de agosto. Foi apresentado o tema a ser discutido naquela tarde, onde enfatizava sobre os tipos de violência mais frequentes. Entre elas: a violência estrutural (sendo visto a mais frequente) relacionada com o baixo nível sócio- econômica; violência doméstica, sexual e psicológica enquadrando também a negligência das famílias de se omitirem em prover as necessidades físicas e emocionais de uma criança ou adolescente. Salientou-se  ainda que a adolescência é uma fase da vida onde ocorrem as transformações, tanto a nível biológico quanto em relação aos aspectos psicossociais, momento este oportuno para o desenvolvimento de valores morais e a formação de uma identidade própria. A palestra foi ministrada pela Enfª da USF da área de abrangência Drª Tereza Talyny a qual detalhou um a um sobre os tipos de violência, abrindo espaço para fala de cada de acordo com a realidade local.
O local do evento foi  na Creche Santa Terezinha.


Matéria:  Profissionais do Mãe Coruja em Bom Conselho - Irabele Guedes de Oliveira e Karla Oliveira Ramos de Souza

Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana



Cabrobó – O Mãe Coruja através das Professoras dos CECs participa da aplicação da terceira etapa do Plano de Ação do Curso Online Criança Segura.



“Educai as crianças e não será preciso punir os homens!”
                                                                                                                          Pitágoras



      O Curso Online Criança Segura, realizado pela internet, tem duração de três meses e propõe, por meio de leituras, vídeos educativos e da troca de conhecimento com os colegas e tutores nos fóruns, que os cursistas levem a causa da prevenção dos acidentes no trânsito mais longe e promovam mudanças em seu entorno. 
    Cumprindo com a proposta do curso, o Mãe Coruja, através das professoras dos Círculos de Educação e Cultura, realizaram a terceira etapa da aplicação do Plano de Ação  Online Criança Segura, em parceria com professoras de uma escola de Educação Infantil. Uma das atividades, foi sair às ruas fazendo uma campanha educativa para melhorar a vida no trânsito, onde realizaram uma panfletagem no semáforo aos motoristas de carros e motos que paravam no ‘sinal’. Os panfletos foram oferecidos pela equipe da ONG Criança Segura, contendo informações pertinentes para motoristas e pedestres. Junto com o panfleto foi oferecido, também, um chaveiro confeccionado de biscuit, como forma de agradecimento aos condutores que fizeram parte do Plano de Ação, na qualidade de receptores (de informações). Foi uma ação mobilizadora em prol da comunidade: se os acidentes de trânsitos são evitados, todos ganham. Ganham em saúde; ganham em educação; ganham em harmonia; principalmente, ganham em qualidade de vida. O objetivo deste curso é salvar vidas, por meio de informação, educação e conscientização. No Brasil, os acidentes no trânsito representam a principal causa de morte de crianças entre 0 a 14 anos. Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 6 mil crianças até 14 anos morrem e 140 mil são hospitalizadas anualmente no país. Mudar estes números é uma meta atribuída a todo cidadão. Com atitudes simples é possível fazer muita coisa. Por esta razão as professoras do Programa Mãe Coruja em Cabrobó vão dar continuidade as ações mobilizadoras mesmo após o término do curso. Menos acidentes de trânsito, para termos mais dias felizes!








Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Cabrobó – Sandra Cavalcanti e Elineide Alves, coordenadora e professora dos CECs
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Lajedo - Mãe Coruja aborda o tema: “A chegada do bebê em casa, como lidar?" com grupo de gestantes no PSF Olho D’Água dos Pombos.



      As mamães quando saem da maternidade, chegam a suas casas e de repente se dão conta que não tem mais enfermeiros e médicos para ajudá-la com o bebê. Neste momento é normal surgir algumas dúvidas: E agora como cuidar do pequeno? Irei dar conta de cuidar do meu filho? A rotina do bebê em casa inspira cuidados especiais? 

    As técnicas Mãe Coruja Lajedo abordaram junto às mamães gestantes e nutrizes do PSF as recomendações para os momentos de maior atenção com o bebê. Cuidados básicos com o recém-nascido ajudam a preservar sua saúde. Da higiene à preocupação com o sono, passando pela vacinação, vários aspectos ligados ao bem-estar da criança devem ser observados pelos pais.

“Dar banho, amamentar, cuidar do umbigo, trocar a fralda e ainda compreender cada choro do bebê é complicado” comenta a gestante e mãe coruja Edna Maria. Logo sugerimos que a mesma ficasse tranquila, e ela verá que isso passará rapidinho. Nestes primeiros dias, você irá descobrir algo tão especial que você nem poderia supor. Aprenderá a cuidar de um ser tão pequeno e delicado e descobrir que ser mãe está aí dentro de você, bem guardadinho, mas que irá despertar na hora certa, conclui a técnica.
A impressão que temos é que não sabemos de nada e que tudo que aprendemos durante a gestação ou o que nossas mães e amigas falaram foi em vão” comenta a gestante e mãe coruja Andréa Aleixo. 

    As técnicas Mãe Coruja agregam valor nesse momento, pela possibilidade de passar informações as mães e gestantes, abordando temas importantes, tais como:  Amamentação, tonalidade da pele, formato da cabeça, seios e áreas genitais, aspecto das fezes, importância de manter o cordão umbilical, banho, limpeza e fraldas, roupas, importância do banho de sol, compreensão do significado do choro, cólica, sono, visita ao pediatra, vacinas, teste do pezinho. 
    Nesta palestra, o Mãe Coruja Pernambucana além de informar e esclarecer muitas dúvidas deixou as mães e gestantes cientes dos seus direitos e deveres como formadoras de uma família, parabeniza a enfermeira do PSF Sheila Myllene Silva Barros. 




Matéria: Profissionais do Canto Mãe Coruja em Lajedo: Nataly Inácio e Prycilla Inácio e 
Professoras dos CECs: Gretiani Xavier e Vanuzia Vicente
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Canhotinho - Mãe Coruja através do Cozinha Brasil qualificando e promovendo uma alimentação saudável, barata saborosa e sem desperdício


   O Programa Mãe Coruja proporcionou as mulheres canhotinhenses uma oportunidade única, através do curso Cozinha Brasil. O primeiro dia o curso teve como objetivo a parte financeira através do administre seu dinheiro, dando a elas um novo olhar e direcionamento para suas economias domestica.

   Os demais dias do Cozinha Brasil foram ofertadas ações de educação alimentar, mudanças de hábitos alimentares e aquisição de técnicas relativas ao pleno aproveitamento dos alimentos através de suas receitas simples e baratas.

    O curso aconteceu do dia 17 a 21 de agosto, na quadra do Colégio Edite Porto, contando com a participação de 82 mulheres enquanto as mesmas participavam do curso suas respectivas crianças ficavam em momento de recreação no Sesinho.

   Tanto na abertura quanto no encerramento do evento contamos com a participação da coordenadora regional do Mãe Coruja,  prefeito, secretários municipais, representante do IPA, presidente da câmara de vereadores e professoras dos círculos de educação e cultura.

  




Matéria: Aline Cordeiro e Simone Simões 
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana








Mulheres do Mãe Coruja Recife em Santo Amaro participaram do curso “Mulheres Empreendedoras”



   

     Dando continuidade à parceria com o Sistema S (SEBRAE e SENAC), por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Empreendedorismo, 12 (doze) usuárias do Espaço Mãe Coruja de Santo Amaro concluíram o curso “mulheres empreendedoras”.


    O referido Curso aconteceu de 17 a 21 de Agosto na sala de atividades coletivas da Policlínica Waldemar de Oliveira com duração de 16 (dezesseis) horas/aula. As participantes receberam certificado e avaliaram positivamente a oportunidade: “Foi algo novo e muito bom. Foi um aprendizado que a gente vai levar, muita coisa boa que a gente aprendeu”, comentou Débora Carla Silva uma das usuárias.

    A proposta é de empoderar as mulheres, para que possam desenvolver ações empreendedoras em sua vida pessoal, profissional e comunitária. 









Matéria: Profissionais do Mãe Coruja do Recife
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Programa Mãe Coruja Pernambucana promove ações de incentivo ao Aleitamento Materno





      Agosto, 30 dias dedicados as ações de incentivo ao aleitamento materno, atividade que representa uma fonte inesgotável de contato mãe-bebê, nutrindo não somente o corpo, mas também a mente.
    As evidências que apontam os benefícios do aleitamento materno são indiscutíveis, não podendo no entanto ser vinculado a interpretação equivocada da equivalência amor pelo filho, com o julgamento depreciativo das mães que por uma ou outra razão não o fazem.
      A mulher sustenta o filho com leite, com seu colo e seu olhar, tentando interpretar o choro e lhe dando significado. Nesse mês o Programa Mãe Coruja Pernambucana registra as atividades que estão acontecendo nos municípios, fortalecendo o aleitamento materno, uma atividade que não é meramente orgânica e necessita de estímulo e persistência.

Virgínia Holanda, baseado no livro Primeira Infância Nota 10 (Fundação Maria Cecília Souto Vidigal e Futura)
Programa Mãe Coruja Pernambucana






                                      Correntes


 Mãe Coruja  realiza trabalhos durante o mês de agosto sobre aleitamento materno no município




    Com o tema “Aleitamento Materno: Uma vitória para toda a vida”; o Canto Mãe Coruja Correntes promoveu ações sobre aleitamento materno em busca de reduzir a mortalidade infantil, melhorar a saúde materna, entre outras. 

    A intenção foi promover e apoiar o aleitamento materno e para atingir estes objetivos foi elencada uma série de ações e materiais para serem apresentados durante essa semana, nas Unidades de Saúde que realizaram ações educativas, palestras e oficinas abordando o tema da amamentação. 

    O aleitamento materno e a alimentação complementar alimentar saudável são meios essenciais para a sobrevivência infantil e pode salvar 20% das meninas e meninos menores de cinco anos.





Matéria: Profissionais do Canto Mãe Coruja em Correntes - Carla Calado e Natálye Fernanda Leão
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Correntes - Mãe Coruja e a Unidade Básica de Saúde Primavera trabalham a importância da imunização




Imunização: Marca Importante Para Prevenção Contra Doenças

     As vacinas são o meio mais eficaz e seguro de proteção contra determinadas doenças, e a conscientização da população é imprescindível para que seu uso seja feito de forma correta e no momento certo, garantindo imunidade e segurança. O agente comunitário de saúde (ACS) dentre outras atribuições, possui o importante papel de integrar os serviços de saúde da Atenção Primária com a comunidade, devendo estar sempre atualizado e preparado para esclarecer e debater sobre as diversas questões, principalmente no que se refere a promoção e prevenção de agravos à saúde. 
     Buscando esse cuidado e atenção às mulheres e crianças, a Unidade de Saúde da Família em parceria com o Canto Mãe Coruja promoveu no dia 21 de agosto de 2015, uma roda de conversa onde se objetivou através da ação educativa, informar, esclarecer dúvidas e atualizar os agentes comunitários de uma Unidade de Saúde da Família Primavera, abordando todas as vacinas aplicadas na Unidade, suas doses, as doenças erradicadas pelos imunobiológicos, esquema de doses, modo de transmissão, e outros pontos julgados pertinentes. A ação foi dividida em quatro etapas: Dinâmica de apresentação, onde os ACS, palestrantes e demais participantes puderam se apresentar, dando início às atividades; introdução e abordagem do tema; explanação das vacinas e doenças, discursão e descontração da equipe.

Matéria: Profissionais do Canto Carla Calado de Vasconcelos e Natálye Fernanda Leão da Silva
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Bom Conselho - Direitos das Crianças e dos Adolescentes é tema de palestra organizada pelo Mãe Coruja no município




    O  Mãe Coruja em Bom Conselho realizou uma Palestra sobre os Direitos das Crianças e dos Adolescentes. A ação aconteceu na Creche da Parmalat no dia 19/08/2015 para as mulheres participantes do CEC e da comunidade local. Inicialmente foi abordado um montante de Direitos das Crianças e Adolescentes de acordo com o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) dentre alguns citados: a Saúde, Educação, Moradia, Lazer, Alimentação, Carinho, Amor, entre tantos outros, esclarecendo as mesmas a quem recorrer diante de algumas situações apresentadas como forma de exercer o seu título de Cidadão Civil. 
   Assim, toda família deseja que suas crianças tenham conhecimentos que lhes permitam conquistar uma vida digna. Como também é de fundamental importância a participação familiar na construção no desenvolvimento infantil fortalecendo a sobrevivência, o crescimento, a proteção e a participação da criança, de modo que aprendam observando as atividades das pessoas do convívio familiar, bem como o meio que o cerca. A palestra foi ministrada pelo a Psicóloga do CRAS Drª Alípia Soares, grande parceira do Mãe Coruja. A ação aconteceu para 13 mulheres. Tivemos como parceiros envolvidos o CRAS, CEC, Creche e CMC.

   Em seguida, houve relatos de experiências entre si de acordo com a realidade local de cada uma delas e finalizamos com um lanche.





Autoras: Irabele Guedes de Oliveira e Karla Oliveira Ramos
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Araçoiaba - Mãe Coruja oferece para mulheres cadastradas Oficina de Decoração de Festas Infantis






    Foi em clima de alegria a realização da Oficina de Decoração de Festas Infantis no município de Araçoiaba no período de 07 a 31 de julho no Canto Mãe Coruja. Oficina esta, realizada ministrada pela SEST/ SENAT através da professora Patrícia Oliveira.


   No transcorrer do curso as mulheres aprenderam a confeccionar artigos para festas tais como: sacolinhas, lembrancinhas, convites, bolo, ornamentação com balões, painéis decorativos em EVA, entre outras coisas. No decorrer do curso as mulheres tiveram oportunidade de desenvolver suas habilidades lúdicas e artísticas, bem como a melhoria da sua auto-estima e a perspectiva de inserção no mercado de trabalho. Sendo importante salientar que as participantes eram todas mães corujas e demonstraram empenho e satisfação durante toda a vivência da oficina, reforçando assim a importância do oferecimento das oficinas dentro das atividades relacionadas ao Programa Mãe Coruja como forma de favorecer o exercício de sua cidadania.

     A oficina contou com o apoio da Equipe Mãe Coruja local.
































Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Araçoiaba
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana