segunda-feira, 30 de março de 2015

Cabrobó - Mãe Coruja e município falam sobre : "Pré natal, o início da preparação para uma nova vida!"





       No dia 25 de março de 2015, o Programa Mãe Coruja  em Cabrobó, através do Círculo de Educação e Cultura,  em parceria com a Secretaria de Saúde Municipal promoveu uma palestra dando continuidade às atividades com as mulheres inscritas no CEC no PSF Otília de Sá Novaes. A palestra foi proferida pela enfermeira­ Oberlândia Rodrigues de Souza, que abordou o tema enfocando a importância da realização das consultas de pré-natal. 
   As educandas dos CEC participaram ativamente da palestra com depoimentos e questionamentos acerca do assunto os quais foram esclarecidos pela palestrante.



Matéria: Profissional do Mãe Coruja em Cabrobó - Professora do CEC – Maria Zuleide da Silva
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Afrânio - Município realiza carnaval do Zé Gotinha com a participação Mãe Coruja






      A        Secretaria de Saúde de Afrânio realizou o I carnaval do Zé gotinha que aconteceu no Ginásio de Esportes do bairro José Ramos.  O canto Mãe Coruja participou convidando e orientando as mães para trazerem seus filhos para atualizarem a caderneta de vacinação da criança. Na oportunidade foram oferecidos serviços de atendimento, avaliação e aplicação de flúor.

   O evento contou com a presença do personagem Zé Gotinha, muita animação e alegria com a criançada no pula-pula e a distribuição de pipoca, sorvete e algodão doce.




Matéria: Profissional do Can Mãe Coruja em Afrânio - Raimunda dos Humildes
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana




Tacimbó - Município e Mãe Coruja juntos em defesa da mulher



      No dia 11 de março de 2015, reuniram-se no Espaço Educativo II – Maria Luiza da Silva na Cidade de Tacaimbó PE, no período da tarde, equipe do Canto Mãe Coruja, Coordenadoria da Mulher, docentes, discentes, pais e funcionários para um palestra de esclarecimento com a Srª Mauricea, Assistente Social do NASF Tacaimbó, para divulgar como foi elaborada e promulgada a Lei Maria da Penha que se destina a proteção de mulheres que sofrem quaisquer tipo de violência citem-se: Verbal,  Física, Sexual.

      Após discorrer como a Srª Maria da Penha lutou em prol dessa lei e o que a motivou a não ser omissa nem submissa aos parâmetros antes preconizados pela sociedade que com pensamentos retrógados pré estabeleciam que mulheres seriam “seres inferiores” que deviam obediência aos seus “Senhores” maridos, companheiros.Até então para muitas essa era uma verdade absoluta pois achavam que nunca conseguiriam conquistar o seu espaço; mas com a coragem dessa guerreira Maria da Penha, iniciou-se uma nova fase na vidas das mulheres. Sabe-se que teremos um longo caminho a percorrer, muitos obstáculos a superar, obstante, nossos objetivos começam a ser alcançados visto que as Delegacias da Mulher estão atuando e punindo agressores, percebe-se também que uma gama de mulheres em todas as classes sociais sofrem agressões, morrem por ter vergonha de denunciar e ou se reconciliam com seus agressores que lhes promete uma vida digna a partir dessa reconciliação.

     A palestrante desencadeou junto ao público uma discussão através da qual os mesmos opinaram expressando suas idéias e, foi possível perceber que foram surgindo novas estratégias com uma diversidade de perspectivas para uma melhor qualidade de vida, pois através da interação, empatia e companheirismo podemos alcançar objetivos mútuos que nos proporcionem união e bem estar. Ao final do encontro, o público agradeceu os esclarecimentos relevantes que a palestrante lhes concedeu e o conhecimento dos Direitos que temos e muitas vezes não os conhecemos, visto que a Lei é para todos independente que a conheçamos ou não. A palestra foi bem satisfatória e o público sugeriu que outros encontros fossem promovidos.




Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Tacaimbó -Viviane e Vera
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

sexta-feira, 27 de março de 2015

Vertentes - Mãe Coruja e Município fortalecendo a rede de Atenção Básica para mulher e a criança






       No dia 05 de fevereiro de 2015, bem como em dezembro de 2014, realizamos(Canto e CEC), dois encontros com profissionais da saúde. Um encontro, com a participação dos Técnicos de Enfermagem e o outro com Enfermeiros dos PSF e Policlínica, Assistente Social da Saúde, Epidemiologia, Coordenação da Atenção Básica, Saúde da Mulher e PNI, para apresentação do Monitoramento do Programa Mãe Coruja Canto Vertentes, Sala de situação, atividades dos Círculos de Educação e Cultura e Sistema de informação.
     Algumas mulheres cadastradas e participantes assíduas dos Círculos de Educação e Cultura fizeram questão de dar seus depoimentos sobre a importância do Mãe Coruja nas suas vidas e as mudanças nelas ocorridas depois da entrada no Programa.Tudo isso aconteceu em uma verdadeira roda de conversa onde também os profissionais puderam dialogar sobre as questões pertinentes à melhoria no atendimento e captação das gestantes e crianças do município que são acompanhadas pelo Programa,visando o fortalecimento das ações conjuntas pela criação de novas estratégias para esta buscativa. Foi um momento de reflexões, esclarecimentos e comprometimento para toda equipe, iniciando com uma oração seguida de uma dinâmica e apresentações do Programa, finalizando com um lanche e entrega de lembrancinhas para todos os participantes.No final a enfermeira realizou a leitura de uma mensagem de reconhecimento do trabalho da equipe Mãe Coruja e todos se confraternizaram.

Matéria: Profissional do Canto em Vertentes
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

quarta-feira, 25 de março de 2015

Primeira Infância em pauta no Mãe Coruja em Santa Filomena




Santa Filomena

Cantinho da Criança: Primeira Infância em Santa Filomena é prioridade




    A equipe do Programa Mãe Coruja Pernambucana em Santa Filomena/PE,  profissionais do Canto e educadoras, fizeram uma reorganização do Cantinho da Criança já existente, dando uma cara nova ao espaço, visando acolher seus pequenos num ambiente de cores, sabores e aconchego. Nesse novo momento do Programa Mãe Coruja Pernambucana, onde  enfatizamos a importância da primeira infância, o espaço físico serve como estímulo às crianças, aos pais, técnicos e familiares; tanto como brinquedoteca (direito de brincar), como incentivo à leitura e contadores de estórias infantis.  A linha do cuidado requer um olhar diferenciado, desde pequenas atitudes e ações até as mais complexas. O olhar da coruja 360º. Quem ama cuida!!! O trabalho através do lúdico, nas ações socioeducativas em nosso município têm demonstrado bons resultados no que tange à qualidade e quantidade.
    Nossos pequeninos estão vivenciando momentos importantes do seu desenvolvimento infantil, devemos contribuir e criar espaços que possibilitem esse caminhar, crescimento e desenvolvimento humano. Cartilhas e panfletos, estão sendo distribuídos e trabalhados, visando dar uma orientação às famílias, informando as 08 guias para uma boa interação com as crianças: dar amor; responder às iniciativas; conversas próximas verbal e não verbal (gestos); elogio aos sucessos e tentativas; fixar a atenção das crianças; nomear e descrever (o mundo a sua volta); ampliar e conectar (conhecimentos); colocar limites de forma positiva; passo-a-passo (orientar a criança nas brincadeiras, na escola; na vida).

    Ser cuidador/educador requer conhecimento quanto a real importância da Primeira Infância para o desenvolvimento humano. Sensibilizar às famílias, mostrando e vivenciando esse momento, é dar um passo significativo para o bem-estar biopsicossocial dos infantes. É promover um hoje saudável e um amanhã melhor para nossas crianças. 



Matéria: Profissionais  do Mãe Coruja de Santa Filomena/PE - Isabel, Socorro, Suze e Maria de Lourdes.
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

.



terça-feira, 24 de março de 2015

Programa Mãe Coruja comemora o dia Internacional das mulheres em todas as regiões



Mãe Coruja no Agreste Setentrional comemora
o Dia Internacional da Mulher



Calçado




    Dia 8 de março comemora-se o Dia Internacional da Mulher, uma data especial onde em todo o mundo são feitas comemorações e homenagens para estas que na verdade são dignas de serem homenageadas todos os dias do ano.

    Em Calçado ocorreu no dia 13 de março, na Praça Nossa Senhora de Lourdes a comemoração do dia Internacional da Mulher, onde foram oferecidos diversos serviços, como: um dia de beleza, com corte e escova de cabelo, manicure, aferição de pressão, exames de glicose, informações sobre a Secretaria da Mulher, focando sobre violência domestica e o Mãe Coruja fazendo homenagens às mulheres, pois mais do que uma data comemorativa, o dia 8 de março, dia internacional da mulher é uma data para refletirmos sobre valores e igualdade entre homens e mulheres. 

Foram atendidas cerca de 45 mulheres, que saíram com a auto estima lá em cima com a parceria Mãe Coruja, Secretaria da Mulher, CRAS e Secretaria de saúde.












Matéria; Profissionais do Canto Mãe Coruja em Calçado -  Diana Pastor e Cristiana Melo
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana







Mãe Coruja no Sertão do Moxoto comemorando o Dia Internacional da Mulher



Buíque



                                                Mãe Coruja sem fronteiras


     

     A equipe de profissionais do Canto Mãe Coruja de Buíque, juntamente com as equipes de Saúde do Pólo Indígena Kapinawa estiveram percorrendo nesse mês de março, mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, as Aldeias da Mina Grande, Ponta da Várzea, Riachinho, Baixa da Palmeira, Caldeirão, e Aldeia Colorau. Durante as visitas foram realizadas atividades educativas com temáticas voltadas às conquistas históricas das mulheres e de sensibilização para a inclusão no Programa Mãe Coruja, atingindo uma cobertura de 90% do total de gestantes cadastradas. 
    Ao final das atividades, as gestantes e mães indígenas presentes receberam do Canto Mãe Coruja brindes e cartões alusivos ao Dia Internacional da Mulher.





























Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Buique
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana





                                             Sertânia




     Dentre as muitas ações a serem desenvolvidas no ano em curso em Sertânia, neste mês de março comemoramos o Dia Internacional da Mulher.  O Mãe Coruja realizou uma semana de palestras  em vários PSFs da Zona Urbana, nos dias 03 a 06/03 onde foi trabalhado o tema : Violência é crime e dá cadeia, através de dinâmicas, roda de conversas, debates para mães, gestantes e ACS do Município.

     Foi criado nesse mesmo período em Sertânia o Núcleo de Promoção de Saúde e Prevenção de Violência, O Programa Mãe Coruja tem sua participação na diretoria através da técnica do canto.





Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Sertânia
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana


Mãe Coruja  na sua II regional, Agreste, comemora o Dia Internacional da Mulher


Casinhas




















O Mãe Coruja Casinhas, durante as primeiras semanas do mês de março, vivenciou em seus seis Círculos de Educação e Cultura, atividades significativas sobre a Mulher como: Saúde feminina, Cuidados e Prevenção de doenças como câncer de mama e útero, menopausa, assuntos que foram abordados por diversos atores de nossa rede: enfermeiras das Unidades de Saúde da Família, Equipe do CRAS, e em especial, tivemos a participação de uma palestrante que foi primordial como mulher e fortaleza incansável e guerreira. Na ocasião ela relatou sua luta contra, inicialmente, um câncer de mama, logo após nos ossos e atualmente apareceu um novo tumor na cabeça. Essa mulher, Josivânia Lira, levou as mulheres uma injeção de ânimo, sensibilizando-as a fazerem exames preventivos e a não descuidarem de si própria. Informações, troca de saberes e muita festa envolveu toda equipe, que sentiu tão bem o retorno destas semanas de dedicação e trabalho. As mulheres relatavam a felicidade que é fazer parte de uma Rede de cuidados, onde elas, são Protagonistas de suas vidas.




Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Casinhas
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana






Mãe Coruja no Agreste comemora o 

dia Internacional da Mulher




Riacho das Almas





   A comemoração do dia Internacional da Mulher do Mãe Coruja em Riacho das Almas, foi realizado no dia 06 de março de 2015, juntamente com a  Secretaria de Saúde, Social e Educação do município, Sesc e Fecomércio pe, em uma ação do projeto Colmeia, onde foram oferecidos as mulheres serviços como: mamografias, prevenção do câncer de boca e do colo do útero, testes rápidos de HIV, aferição de pressão arterial, oficinas de recreação, atendimentos de serviços públicos como: Programa Bolsa Família, Conselho Tutelar, Compesa, Celpe, serviços de estéticas e sorteio de brindes. A ação aconteceu na quadra da escola Manoel Bacelar, das 08 às 13h. As mulheres do Mãe Coruja tiveram neste momento a oportunidade de visitar o nosso stand, atualizando seus cadastros e de seus filhos e recebendo uma lembrança carinhosamente confeccionada pelas professoras do Círculos de Educação e Cultura. Na ocasião recebemos a visita de 70 mulheres e foram realizados cadastro de gestantes. Foi um momento importante para uma divulgação mais próxima da população riachense em relação ao programa mãe coruja pernambucana, fortalecendo ainda mais nossas parcerias e ações.
























Matéria: Profissionais do Canto Mãe Coruja em Riacho das Almas

Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana






Mãe Coruja no Sertão do Pajeú comemora o 

dia Internacional da Mulher



Serra Talhada 







         Comemoração do dia da mulher e  estímulo ao acompanhamento dos familiares no processo escolar em Serra Talhada 

      Através da parceria entre a Creche Anita Ferreira Vilarin, Conselho Tutelar e Canto Mãe Coruja, visando sensibilizar os pais ou responsáveis na participação do processo de educação e acompanhamento do desenvolvimento escolar das crianças matriculadas na creche, foi realizado no dia 06/03/2015, palestra com o objetivo de fortalecer o elo entre pais e mestres, ressaltando que a educação não é apenas papel da instituição de ensino e sim um processo de acompanhamento diário por parte dos familiares ou responsáveis. Estimulando também o fortalecimento do vinculo afetivo da família.

   Aproveitando o momento finalizamos o evento comemorando o “Dia Internacional da Mulher”, com distribuição de brindes, lanche e mensagem.













Matéria: Profissionais do Canto Mãe Coruja em Serra Talhada

Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana






Calumbi
     



     O Mãe Coruja em  Calumbi, comemorou em grande estilo o dia Internacional da Mulher. O local foi a Praça principal da cidade, no sábado dia 07, aproveitando o pessoal da cidade e da zona rural, por ser o dia da feira naquele Município.  Aproximadamente 150 pessoas, desde famílias, mulheres cadastradas no Programa e crianças participaram deste momento.

    O evento foi organizado em parceria com várias Secretarias: da Educação, da Ação Social, da Saúde e de órgãos como o CRAS e Coordenadoria da Mulher.  Iniciou às 8 horas com as boas vindas e entrega de rosas às mulheres presentes. Em seguida houve belíssimas apresentações culturais do Grupo de Idosas “Idade com Dignidade” da cidade e de outro grupo de danças da cidade de Custódia “Luar do Sertão”.

     No stand da Saúde, ficaram médico, enfermeiras, agentes de saúde, vacinadoras, realizando testes de glicemia, aferição de pressão arterial, distribuição de preservativo, juntamente com a equipe do Mãe Coruja, que apresentou seus serviços, além de ofertar uma massagista a quem interessasse.

     Houve sorteio de brindes e distribuição de bombons. Na entrega do sorteio era franqueda a palavra para as mulheres expressarem seus sentimentos naquele momento de festa.

     Compareceu à festa, D. Lucimar de 49 anos, que tem 24 filhos, sendo 4 cadastrados no Programa, que com simplicidade, falou “estou muito feliz por esta festa, trouxe meu pai e gostaria de tirar uma foto com ele”.
  Ao final, uma animada Ciranda envolvendo à todos os presentes.





Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Calumbi
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana


                    Mãe Coruja na  Mata Norte comemora o dia                   
 internacional da mulher


                                          Macaparana
   





       Na manhã do dia 09 de março a Secretaria. de Assistência Social  as Secretarias de Saúde e Educação fizeram uma linda homenagem ao dia Internacional da Mulher , o canto Mãe Coruja também esteve presente nas festividades.   
O evento aconteceu na Academia das cidades de Macaparana-PE, com café da manhã, sorteio de brindes, palestras educativas e de autoestima.
























Profissionais do Mãe Coruja e Macaparana - Mariza Coutinho e Amanda Cavalcanti
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana



                     Mãe Coruja na  Mata Sul comemora o dia internacional da mulher
        

Palmares







Março Mês dedicado a Mulher, Palmares aplaude, Cantos e Encantos para aquela que gera a VIDA em sua VIDA




     Programa Mãe Coruja em parceria com  a Secretária de Políticas Públicas para as mulheres do município de Palmares, comemorou no dia 13 de março de 2015 , o Dia Internacional da Mulher. Na ocasião houve a inauguração da nova sede da Secretaria de Políticas Públicas para as mulheres com a participação deste mesmo público cadastrado no Programa Mãe Coruja, professores dos Círculos de Educação e Cultura, padre da Catedral, a 1ª Dama do Municipio, representantes das Associações de Mulheres da zona rural e da Secretaria da Mulher do Governo do Estado de PE. 
   As festividades aconteceram no Mercado Público, com  shows de  artistas da terra, “Projeto Mutirão da Beleza da Mulher”, ofertando  gratuitamente serviços de cabeleireira, manicure e esteticista  embelezando ainda mais as mulheres presentes. Contamos também com a presença de Artesões locais que expuseram e comercializaram seus variados produtos.

 Parabéns e viva a feminilidade!
































Matéria: Profissionais do Canto Mãe Coruja de Palmares : Luzia e Nery e Professores dos Círculos de Educação e Cultura

Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana



Quipapá




       O Dia Internacional da Mulher foi realizado no dia 19/03/15, no Canto Mãe Coruja de Quipapá, através dos profissionais do Canto e professoras dos Círculo de Educação e Cultura. Foi realizado um bingo e entrega de vários brindes para todas as mulheres participantes. Enfatizamos a importância desta data, resgatando a valorização da mulher, bem como as conquistas alcançadas até o momento. Destacamos a contribuição das atividades dos Círculos de Educação e Cultura, através das Rodas de Conversas, Palestras e Informações em geral que contribuem para o conhecimentos das participantes e elevando a alto estima das mesmas.


                                                                 



Matéria: Profissionais do Mãe Coruja Quipapá - Diana M. da Silva e Edivanilda Marinho
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana




Lagoa dos Gatos







          O Mãe Coruja em Lagoa dos Gatos em parceria com o CRAS, CREAS e Secretaria Municipal da Mulher, com apoio da Secretaria Municipal de Saúde e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Lagoa dos Gatos, realizaram ações em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. As atividades aconteceram no Canto Mãe Coruja, na sede do município, e nas áreas rurais e comunidades Quilombola com o objetivo de levar informações sobre os serviços ofertados pela Rede de Assistência do Município e parabenizar as mulheres pelas conquistas de direitos na sociedade contemporânea. As Palestras aconteceram respectivamente no Sítio São Jorge e no Distrito de Lagoa do Souza, no dia 03/03/2015; no Canto Mãe Coruja na sede do município, no dia 04/03/2015; e nas comunidades quilombola de Cavuco e Sítio Pau Ferrado, no dia 05/03/2015. Ainda estava previstas atividades nos dias 07 e 08 de março ações na feira livre e uma caminhada com atividades de lazer para as mulheres. Nas palestras foram abordados os avanços das lutas femininas nos campos profissional, político e social desde que foi instituído pela ONU o Dia Internacional da Mulher e a importância da Lei Maria da Penha para a prevenção e punição à violência doméstica. Nosso principal objetivo foi levar para as áreas rural e urbana, com destaque às comunidades quilombola, a importância deste dia e das lutas que as mulheres têm enfrentado para serem reconhecidas como cidadãs, mães, companheiras, trabalhadoras e elevar a auto-estima das Mulheres do nosso município.





Matéria: Profissionais do Canto Mãe Coruja em Lagoa dos Gatos - Carla Cardinalle e Wlademir Bernardo
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana




                                                        Rio Formoso



                No dia 10 de março de 2015, os profissionais do Canto Mãe Coruja de Rio Formoso em parceria com a Atenção Básica da Saúde realizaram um encontro de Gestantes em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. O evento aconteceu no distrito de Cucaú em uma Unidade de Saúde onde estão concentrados três PSFs que atendem mulheres da zona rural daquela localidade. Foi um momento importante, marcado por palestras sobre pré-natal, puerpério, aleitamento materno, DSTs e prevenção de câncer do colo do útero e de mama, além de divulgação do Programa Mãe Coruja e cadastros de gestantes. Na ocasião também, os Profissionais deste Programa fizeram uma homenagem às mulheres através de uma apresentação em slides.

        As mulheres presentes foram contempladas ainda com um delicioso café da manhã e recebimento de chocolates.










Matéria: Profissionais do Canto Mãe Coruja em Rio Formoso - Rivane e Ricardo
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana





Mãe Coruja no Sertão do Araripe comemora o dia Internacional da Mulher





Santa Cruz





“Temos a delicadeza das flores.

A força de ser mãe.

O carinho de ser esposa. 

A reciprocidade 
de ser amiga.

A paixão de ser amante.

E o amor por ser mulher!”

   
     Foi comemorado no dia 06 de março de 2015, o Dia Internacional da Mulher do Canto Mãe Coruja em parceria com o SCFV – Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, CRAS – Centro de Referencia de Assistência Social e Secretaria de Assistência Social do Município de Santa Cruz. Além das usuárias do Canto Mãe Coruja, tivemos a participação dos idosos e adolescentes do SCFV.

     O evento foi  iniciado com uma oração de acolhida, logo após houve uma palestra realizada pela Assistente Social do CRAS com o Tema: A História do Dia Internacional da Mulher, enfatizando as lutas femininas, importância da data, participação política das mulheres e o seu papel na sociedade. Em seguida fizemos a dinâmica da caixa de presente e muitas brincadeiras como bala na linha, a prova da bila, dança da cadeira, apresentação de um jogral realizado pelas crianças e sorteio para o dia da beleza, onde as sorteadas tiveram direito a corte de cabelo, escova, sobrancelhas e manicure.
     Foi uma tarde de muita descontração com um maravilhoso lanche e finalizando com música ao vivo do artista da terra, Galeguinho dos Teclados, tocando o tradicional forró pé de serra.




Matéria: Profissional do Canto Mãe Coruja em Santa Cruz - Tânia Lins
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana




                            

Mãe Coruja no Sertão do São Francisco comemora o dia Internacional da Mulher



Orocó








     O Programa Mãe Coruja Pernambucana de Orocó em parceria com o município realizou no período de 09 a 12 /03/2015 a “Semana da Mulher”.Os eventos foram realizados na extensão da Escola Santa Maria na COHAB, onde participaram as usuárias do PSF Luiz Gonzaga e Remanso, no PACS de Casa Nova, no PSF Brígida e no Assentamento Alegre. O público alvo foi às mulheres da comunidade, alunas do CEC e mulheres cadastradas no Programa Mãe Coruja. 

O objetivo foi proporcionar às participantes uma reflexão sobre todo o histórico das mulheres desde as primeiras lutas para a conquista de seus direitos até os dias atuais como: criação do dia Internacional da Mulher, Lei Maria da Penha, direito ao voto, igualdade salarial entre outros. Foi exibido vídeos, realizado dinâmicas e sorteios de brindes e distribuição de lanches. Houve interação dos participantes com os palestrantes através de depoimentos, perguntas e esclarecimento de dúvidas. 










Matéria: Profissionais do Canto Mãe coruja em Orcó - Ana Maria e Marizete
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana






                                          Petrolina

Programa Mãe Coruja Pernambucana homenageia as mulheres dos Círculo de Educação e Cultura do Bairro João de Deus em Petrolina







    Na tarde da quarta-feira, 11/03,  o Mãe Coruja através dos seus  Círculos de Educação e Cultura e do Canto, juntamente com a Associação de moradores, Escola Estadual Antonio Jesuíno D’Ávila, Gerência Regional de Educação (GRE) Petrolina, prestaram uma homenagem às mulheres que frequentam os CEC do Bairro João de Deus. Na ocasião algumas educandas declamaram poesias, leram mensagens e até cantaram músicas para prestigiar as mulheres presentes. As educandas foram acolhidas pela equipe Mãe Coruja com um cartão de boas vindas e um número para participar do sorteio de brindes ao final da homenagem. O evento aconteceu no Centro Comunitário do Bairro.  
   Na ocasião foram parabenizadas todas as mulheres presentes, momento em que   foi lembrado que a data do Dia Internacional da Mulher em 08 de março é tida como símbolo de uma série de reivindicações e conquistas de direitos, sobretudo no âmbito trabalhista. Entretanto, a escolha dessa data para tal comemoração frequentemente está associada a equívocos ou a invenções históricas que precisam ser elucidadas. Ao final, realizamos sorteio de brindes e servimos o lanche para os presentes que foi gentilmente oferecido pela Escola Estadual Antonio Jesuíno D’Ávila e pela Associação de moradores.


Matéria: Equipe Mãe Coruja de Petrolina
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana
                                       
              

Cabrobó


 Círculo de Educação e Cultura faz homenagem ao dia da mulher, 
mencionando também a sua função de mãe







                  Na semana do dia Internacional da Mulher, o Programa Mãe Coruja, através do Círculo de Educação e Cultura faz uma homenagem dupla às mulheres e mães. Afinal toda mãe é essencialmente uma grande mulher e a mulher, na maioria das vezes, se realiza plenamente ao ser mãe. Foi uma tarde bem agradável, começando pelas recordações da gravidez, leituras de textos sobre o tema e a realização do bingo: ser mãe é... Depois falamos da importância da mulher na sociedade, no lar, no Programa Mãe Coruja, enfim, no mundo. As mulheres presentes receberam uma flor confeccionada pela professora do CEC e um cartão com uma mensagem. Depois das reflexões feitas sobre o tema foi hora de produzir. Várias atividades foram realizadas, como: acróstico, caça-palavras, escrita de poemas e interpretação musical. Este momento objetivou o entendimento feminino sobre sua própria existência; com reflexões sobre o papel da mulher em todas as áreas da sociedade e a valorização do ser e se fazer reconhecer como MULHER. 

“Mulher 
Símbolo de amor, perseverança e desprendimento. Guerreira, amiga, emotiva, carinhosa, dedicada...
Poderia escrever aqui milhares de adjetivos... Mas eles todos se traduzem em uma só palavra: MULHER!”




Matéria: Elineide Alves dos Santos. Professora do CEC – Cabrobó.
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana





                        Santa Maria da Boa Vista

Mãe Coruja e município comemoram o dia Internacional da Mulher





Mulher que traz beleza e luz aos dias mais difíceis,
Que divide sua alma em duas para carregar tamanha sensibilidade e força
Que ganha o mundo com sua coragem
Que traz paixão no olhar, mulher que luta pelos seus ideais que dá a vida pela sua família...


    Pesando em valorizar o ser MULHER neste dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher, é que o Programa Mãe Coruja, juntamente com o Círculo de Educação e Cultura e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), através da Secretaria de Ação Social, promoveram uma roda de conversa, com mães, mulheres, crianças, gestantes, na Escola Arara das Serras, na agrovila 43 – Projeto Fulgêncio. O Evento também teve o apoio da Estratégia da Saúde da Família (ESF) daquela localidade. 

     Para abertura do diálogo iniciou-se o encontro com um vídeo mostrando a beleza de cada mulher. Onde em ocasião mostrou que são mulheres fortes e lutadoras. Mulheres conquistadoras que amam e querem ser amadas. Elegantes e repletas de inteligência. Cheias de paciência e que o mundo sabe conquistar. Evidenciou-se também as mulheres duras e fracas, enfim as Mulheres de todas as raças. Mulheres guerreiras. Mulheres sem fronteiras. Mulheres… Mulheres…

   Para abordagem do tema a Escola Serra das Araras solicitou ao Programa Mãe Coruja que investisse nas questões de Relacionamento entre Mãe e Filho. Foram exibidos slides e vídeos trazendo várias situações do dia a dia. Foi alertado também que as mães curtissem cada fase, cada idade, cada diferença... Explanaram-se ainda os 05 princípios para um relacionamento positivo: 1. Amor Incondicional; 2. Conhecer os princípios do comportamento; 3. Autoconhecimento; 4. Comunicação positiva e o 5. Princípio do envolvimento.

    Após discussão, o CREAS foi convidado a abordar a questão da Violência Contra a Mulher, onde as participantes demonstraram interesse pelo assunto, fazendo vários questionamentos e sugerindo a palestra com os homens daquela agrovila. O CREAS em ocasião exibiu documentários de mulheres que sofriam da violência física, psicológica e doméstica. O Alerta as mulheres foi de fundamental importância, uma vez que a violência contra a mulher é entendida como qualquer ato ou conduta, que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher, como também é um grave problema de saúde pública.

    O coordenador do CREAS em sua fala visualizou a Lei nº 11.340/2006 que é conhecida por “Lei Maria da Penha”, que regulamenta os casos de violência doméstica e familiar contra a mulher. Explicou às mulheres que recebeu este nome em homenagem a uma mulher chamada Maria da Penha que se tornou símbolo de um caso de violência doméstica contra a mulher.

   Após conversação as mulheres foram homenageadas pelo Círculo de Educação e Cultura (CEC), com distribuição de cartões dedicada a elas.

Temos a delicadeza das flores.
A força de ser mãe.
O carinho de ser esposa.
A reciprocidade de ser amiga.
A paixão de ser amante.
E o amor por ser mulher!



Feliz Dia da Mulher!

    



Matéria: Profissional do Canto de Santa Maria da Boa Vista - Silvana de Alencar
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana