quarta-feira, 30 de julho de 2014

Alunas dos Círculos de Educação e Cultura em Riacho das Almas participam de passeio cultural ao maior teatro ao ar livre do mundo - Nova Jerusalém


      No dia 05 de abril de 2014, as alunas que frequentam os Círculos de Educação e Cultura do Programa Mãe Coruja Pernambucana do município de Riacho das Almas, participaram de um passeio para conhecer o maior teatro ao ar livre do mundo, Nova Jerusalém, Fazenda Nova, distrito de Brejo da Madre de Deus. Foi um momento inusitado, onde as mesmas tiveram a oportunidade de conhecer os cenários, tirar fotos com alguns personagens em meio ao grande cenário. O passeio foi realizado com recursos próprios, onde elas mesmas se organizaram junto com as professoras, pois além do momento de lazer e descontração, tiveram como objetivo explorar o conhecimento cultural, religioso e de reflexão das mesmas.




Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Riacho das Almas
          Revisão: Setor de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja 

Mãe Coruja Inajá se fez presente no 1º Fórum pela Paz



      No último dia 17 de julho, o Canto Mãe Coruja da cidade Inajá esteve presente no 1º Fórum pela Paz, com o tema "Justiça e Paz se Abraçarão". Contando com vários parceiros nessa luta, como: IPA, Projovem, entre outras entidades municipais e da sociedade civil.          
   Tiveram palestrando sobre a violência na cidade e no Estado, o Promotor de Justiça, a Juíza de Direito da Comarca da cidade, o Major do Batalhão de Petrolândia, o Bispo de Floresta, e políticos locais, contou também com a presença marcante de comerciantes da cidade, bem como de toda comunidade. Após o evento, houve uma caminhada que saiu pelas ruas da cidade, como protesto contra a violência no município.



Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Inajá
Revisão: Setor de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja 

Notícia de Palmares sobre a páscoa!

                               

        Foi realizado no dia 25 de abril, uma festa em comemoração a páscoa para as gestantes, as mães e seus filhos do Canto Mãe Coruja de Palmares,que aconteceu no próprio canto, junto com as técnicas e professoras do circulo de educação e cultura,tivemos  40 participantes. Também contamos com o apoio da coordenadora do Espaço saúde de Palmares e secretaria municipal de saúde.

      As mães apresentaram um jogral sobre os símbolos da páscoa e em seguida foi servido um delicioso lanche e chocolates para todos. A parceria com a Secretaria de Saúde municipal foi fundamental para vivenciarmos esse momento sublime e celebrar a vitória  da vida com o exemplo de fé que nos trás diariamente Jesus Cristo ressuscitado. 


Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Palmares
Revisão: Revisão: Setor de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Mãe Coruja em Bom Conselho promove rodas de conversa sobre abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes



          O  Mãe Coruja em Bom Conselho, através do Círculo de Educação e Cultura da Secretaria de Educação do estado, realizou em 19/05/2014 rodas de conversa e ações sócio educativas com o objetivo de orientar mulheres, crianças e adolescentes sobre a campanha nacional de enfrentamento de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.
         As mães corujas viram que é preciso romper o pacto de silêncio que encobre as situações de abuso e exploração contra crianças e adolescentes. Não se pode ter medo de denunciar. Essa é a única forma de ajudar esses meninos e meninas. O Disque 100 é uma importante ferramenta para que a sociedade denuncie os casos de violência contra crianças e adolescentes e funciona diariamente das 8h às 22h, inclusive nos fins de semana e feriados. As denúncias recebidas são analisadas e encaminhadas aos órgãos de proteção, defesa e responsabilização, de acordo com a competência e as atribuições específicas, priorizando o Conselho Tutelar como porta de entrada, no prazo de 24 horas, mantendo em sigilo a identidade da pessoa denunciante.


        A escolha da data é uma lembrança a toda a sociedade brasileira sobre a menina sequestrada em 18 de maio de 1973, Araceli Cabrera Sanches, com oito anos, quando foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba. Muita gente acompanhou o desenrolar do caso, poucos, entretanto, foram capazes de denunciar o acontecido. O silêncio de muitos acabaria por decretar a impunidade dos criminosos. Sua morte, contudo, ainda causa indignação e revolta. O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes vem manter viva a memória nacional, reafirmando a responsabilidade da sociedade brasileira em garantir os direitos de todas as suas Aracelis.



Matéria: Profissionais do  Mãe Coruja em Bom Conselho
Revisão: Setor de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Mãe Coruja e município incentivam as mulheres ao parto normal e parto humanizado em Saloá

      O Mãe Coruja em Saloá-PE,  em parceria com a Secretaria de Saúde e Coordenadoria da Mulher de Saloá-PE, realizou uma oficina como incentivo ao parto normal e parto humanizado. Houve uma palestra e a exibição de um filme no auditório da Escola Municipal São Vicente.
Esta atividade ocorreu no dia 21/07/2014, com a presença de gestantes, profissionais de saúde do município como: ACS, enfermeiras obstetras, NASF; profissionais do Mãe Coruja, coordenadoria da mulher, entre outros. Participaram desta atividade aproximadamente 71 pessoas entre gestantes cadastradas no Programa Mãe Coruja em Saloá-PE e profissionais de saúde. Os parceiros do Mãe Coruja envolvidos neste evento foram: Secretarias de Saúde, Educação e Coordenadoria da Mulher, todos do município.
    Realizar esta atividade foi sem dúvida de extrema importância para expor sobre os tipos de partos e principalmente orientar às mães a aderirem ao parto normal, visto que elas sofrem menos riscos de infecção, se recuperam mais rápido e, consequentemente, acolhem melhor o bebê. Houve também uma discussão sobre parto humanizado, tendo em vista que "Parto humanizado" não pode ser entendido como um "tipo de parto", onde alguns detalhes externos o definem como tal. A humanização do parto é acolher bem a mulher, é respeitar o desenvolvimento na hora do parto, os aspectos individuais, emocionais da mulher e de sua família. É garantir-lhe o direito de conhecimento, de escolha, de ser acompanhada por um membro familiar, enfim, é dar-lhe o direito de ter e usufruir de seus direitos constituídos.




















Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Saloá -  Alex Diniz e Flávia Veloso
Revisão: pelo Núcleo de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja

Mãe Coruja em Calçado participa da grande movimentação no "Dia D da Saúde"


        No dia 29 de maio, no município de Calçado, ocorreu o dia D da Saúde, coordenado por Norma Lúcia. Estiveram presentes ao evento: secretarias municipais, médicos, nutricionistas, enfermeiros e técnicos em saúde. Durante o dia, na praça, várias atividades ocorreram como: aferição de pressão, aplicação de  vacinas e orientações outras realizadas em nome da Secretaria de Saúde. A Assistência Social junto com a Secretaria da Mulher, mostrou as atividades do Pró Jovem, dos idosos e dos cursos profissionalizantes. A Secretaria de Educação por sua vez, promoveu um belo desfile com bandas, houve apresentações de teatro sobre a prevenção da AIDS e por fim, a participação da Secretaria de Agricultura(IPA), do estado, e do Sindicato dos Trabalhadores. O Mãe Coruja não poderia ficar de fora! Colocamos estandes e tivemos a participação de algumas mães e gestantes que puderam ser contempladas com todos os serviços do mutirão da saúde.




Matéria:  Profissionais do Mãe Coruja em Calçado
Revisão: Núcleo de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja

Mãe Coruja no Município de Calçado promove Aulão de abertura do módulo criança


        No dia 04 de junho, no município de Calçado, o Programa Mãe Coruja, através da Secretaria de Educação do estado, promoveu Aulão de abertura do módulo criança, com o tema “Mamãe, brincar é coisa séria?”. Tivemos a participação de gestantes e crianças cadastradas no  Mãe Coruja. Cerca de 40 mulheres e 48 crianças participaram desta abertura,  que ocorreu no Circulo de Educação e Cultura, localizado na zona urbana do município. Tivemos a parceria com o CRAS que disponibilizou a palestrante psicopedagoga, Josenilda Veronez.





Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Calçado

Revisão:  Núcleo de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja

terça-feira, 29 de julho de 2014

Canto Mãe Coruja em Xexéu comemora dia das avós com muita alegria





       Na última sexta feira, no Distrito de Campos Frios, o Canto Mãe Coruja Xexéu comemorou, com o grupo das Avós Corujas Amigas do Peito o dia dos avós (26/07/2014 – sábado), onde contamos com o apoio da professora Elisângela do Círculo de Educação e Cultura da localidade.
    O encontro contou com  as avós, filhas e netos. Inicialmente foram acolhidas, participaram de uma dinâmica de grupo, ouviram uma palestra sobre amamentação, receberam presentes, "Diploma de Avó Coruja" e finalizando com um lanche. As avós presentes ficaram muito felizes em serem lembradas e valorizadas pelo Programa Mãe Coruja e reafirmaram o compromisso de continuar parceiras da amamentação exclusiva.

Matéria: Profissionais do Mãe coruja em Xexéu: Claudia de Fátima e Antonio Carlos 
Revisão: Núcleo de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja

Surge o 1º Grupo de Gestantes de Moreilândia


      Buscando melhorar cada vez mais a linha de cuidados com as gestantes, a equipe do Canto Mãe Coruja em Morelândia-PE, através de articulação contínua com a rede parceira do Programa, consegue, juntamente com a equipe do PSF Santa Terezinha e CRAS, formar o 1º Grupo de Gestantes de Moreilândia, no espaço do CRAS, em 24 de julho de 2014.


    Informações importantes e necessárias para uma gestação saudável foram dadas ao grupo: alimentação, riscos da auto-medicação, o alerta para os sintomas que sinalizam a necessidade da procura imediata pelo serviço de saúde, a gestação de alto risco e o desenvolvimento intra-uterino.        Este foi mais um passo que, juntos, conseguimos dar em busca da redução da mortalidade materna e infantil no município, o que nos enche de alegria e nos motiva a continuar a caminhada.





Matéria: Profissionais do Mãe Coruja  em Moreilândia 
Revisão: Núcleo de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja