sexta-feira, 26 de junho de 2015



    O Programa Mãe Coruja Pernambucana realiza no próximo dia 02 de julho no Teatro Beberibe no Centro de Convenções um grande encontro reunindo especialistas na área da infância. O tema central é Importância do Desenvolvimento Infantil na Construção de uma Sociedade e contará com a Palestra Magna de Anna Lúcia Campos, investigadora especialista em neurociência educacional e desenvolvimento infantil e diretora geral do Centro Iberoamericano de Neurociências, Educação e Desenvolvimento Humano - CEREBRUM. 

   O Programa Mãe Coruja Pernambucana é um programa estadual, presente em 103 municípios e instituído como Lei no ano de 2009; premiado pela ONU na Categoria de Serviço Público de Promoção de Gênero e pela OEA  na categoria de Inovação em Qualidade de Políticas Públicas.
O encontro reunirá cerca de 500 pessoas, entre profissionais e convidados.

 Programa Mãe Coruja Pernambucana



sexta-feira, 19 de junho de 2015

Santa Maria da Boa Vista - Mãe Coruja realiza o encerramento do módulo I e início do módulo II dos Aulões dos seus Círculos de Educação e Cultura






      Nesta sexta-feira (09) foi realizado pelo CEC e canto de Santa Maria da Boa Vista, o encerramento do modulo I e Aulão do modulo II. Tivemos como palestrantes o Conselho Tutelar e o CREAS.

        Neste cenário variado de módulos, foi possível observar o quanto foi significante para as nossas mães as atividades propostas que ora realizamos com muito carinho no módulo I, apresentando para as mães a importância de cada temática vivida. Foi feita uma exposição dos resultados das atividades vivenciadas em cada encontro como: painéis de fotos e datas comemorativas nos CECs, varal de atividades, cantinho da brinquedoteca para as crianças, uma exibição da retrospectiva do modulo I.

    Ao introduzir modulo II com o tema “Sou criança, respeitar os meus direitos é garantir o meu futuro”, os palestrantes deram uma verdadeira aula sobre o tema, esclarecendo e chamando a atenção das mães presentes sobre os cuidados que cabem a cada uma sobre suas responsabilidades no cuidado principalmente de não explorar seus filhos com tarefas que não lhes são adequadas.

    Em ocasião da palestra, as mães tiveram a oportunidade de fazer questionamentos, havendo
interrupção para sanar suas duvidas. Uma mãe preocupada com o futuro do seu filho exclamou: ” Meus filhos tem que trabalhar mesmo, porque se não ensinar de pequeno, ele vai aprender a roubar quando crescer”... esta fala da mãe provocou maior discussão. Pois foi aproveitado o momento para esclarecimentos sobre o trabalho Infantil, campanha esta que vem sendo desenvolvida pelo CREAS municipal, ocasião que o coordenador explanou os riscos que as crianças correm, frisou que é tempo de as crianças brincarem e estudarem.

      Após colocações, o palestrante do CREAS, convidou um dos conselheiros tutelares para reforçar temática e mostrar também os prejuízos que poderão trazer na vida dos filhos quando eles assumem tarefas de adultos. 

      O aulão foi um momento muito rico e prazeroso de aprendizagem e interação para nossas mães e convidados, como a coordenação do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e as professoras e conselheiros tutelares e técnicas do Programa Mãe Coruja. Finalizamos o evento com distribuição de lembrancinhas e um delicioso lanche para os participantes.




Matéria: Profissionais  do Mãe Coruja em Santa Maria da Boa Vista -  Ronailde Gomes – Coordenadora CEC e Silvana de Alencar Técnica do Canto
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

Terra Nova - Programa Mãe Coruja participa de implantação do núcleo de promoção da saúde do município








       A Equipe do Canto Mãe Coruja de Terra Nova marcou presença na Implantação do Núcleo de Promoção da Saúde, juntamente com toda Equipe do governo Municipal, onde defendeu a Alimentação saudável através da vivencia no Canto com discussão da Pirâmide alimentar e a confecção de sucos nutritivos.
  O Mãe Coruja foi também responsáveis pela construção e distribuição de lembrancinhas no evento. Um chaveiro de coração junino, já que a data escolhida foi 12 de Junho, onde culturalmente comemoramos o Dia dos namorados. Essa lembrancinha foi resultado também de uma das nossas oficinas contando com a presença de 24 mulheres distribuídas em dois grupos dos Círculos de Educação e Cultura do Guarani e do Canto.  As oficinas foram ministradas pelas Técnicas e Equipe dos CECs. No Evento estavam presentes aproximadamente 250 pessoas.





Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Terra Nova
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana


Terezinha – Mãe Coruja, IPA e Vigilância Sanitária fortalecendo parcerias





      Na manhã do dia 12/06, realizou-se na sede do IPA, uma reunião envolvendo: Mãe Coruja, IPA, Vigilância Sanitária e fornecedores do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos).


      O evento contou com a participação de 40 pessoas, cuja finalidade foi a atualização de informações acerca do PAA e a forma adequada do acondicionamento dos alimentos fornecidos, através das orientações do extensionista do IPA (Thiago Ferraz) e da coordenadora da Vigilância Sanitária do Município (Rafaele de Azevedo), bem como a divulgação do Programa Mãe Coruja Pernambucana para o público presente.


     Na ocasião o Mãe Coruja firmou parceria junto ao IPA para recebimento dos alimentos do PAA, que irão beneficiar as educandas dos Círculos de Educação e Cultura de Terezinha.













Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Terezinha
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Municípios da VI regional do Mãe Coruja homenageiam as mães



       Durante todo o mês das mães as Equipes do Programa Mãe Coruja dos municípios de Arcoverde, Buíque, Custódia, Ibimirim, Jatobá, Inajá, Manari, Pedra,, Petrolândia ,Sertânia, Tacaratu, Tupanatinga e Venturosa realizaram para as mulheres dos Círculos de Educação e Cultura atividades relacionadas ao DIA DAS MÃES, foram belas homenagens com o objetivo de enaltecer essa figura tão importante e essencial para vida: a MÃE.

      Em Ibimirim tivemos um grande evento com a palestra de um parceiro do Programa Pastor Janio e música ao vivo, onde destacamos a bela ornamentação produzida pelas profissionais dos Círculos.
    A Equipe de Buíque se destacou com a realização de um piquenique que reuniu cerca de 40 participantes entre mulheres, crianças e as profissionais do Programa, as mulheres amaram o passeio, onde conheceram o Sítio da Srª Da Paz, parceira do Programa que atua na Pastoral Infantil do município.
    O Evento de Arcoverde aconteceu na Associação de Moradores da Cohab I e teve apresentação de vídeos com ações vivenciadas durante o ano letivo, leitura de mensagens e um almoço. 

    Em Custódia ocorreu no CRAS a tradicional festa do dia das mães. Contamos com aproximadamente 50 mães. A homenagem começou com apresentação da equipe do CRAS, do Programa Mãe Coruja, Assistência Social e o Prefeito do Município.

     Em Venturosa tivemos a palestra com a Nutricionista e a participação da Equipe do PSF e dos Agentes de Saúde da Comunidade, um equipe bem integrada. Na Pedra destacamos a comemoração do Bairro Prateado que está sendo atendido por dois novos Círculos de Educação e Cultura a partir deste ano. As mulheres estão empolgadas e a participação é cada vez melhor.

    A Equipe de Sertânia realizou homenagens nos quatro Círculos e emocionaram as mães com a leitura de mensagens. Em Manari as mulheres se divertiram dançando com a realização de uma dinâmica e com outras atividades que fortaleceram as relações de convívio do grupo. Foram entregues kits de material escolar doados pela equipe gestora da Escola Estadual, contribuindo para a realização do Trabalho pedagógico.

   Em Tupanatinga destacamos o Evento do Sítio Boqueirão onde está iniciando um novo Círculo de Educação e as mulheres estão valorizando muito essa oportunidade. Em Tupanatinga também tivemos uma palestra com a Enfermeira Tharcyana sobre DST e as crianças também prestaram sua homenagem as mães. Em Inajá as lembrancinhas foram personalizadas com todo carinho pela equipe, uma delicadeza.

       Os trabalhos foram todos realizados com dedicação e esforço, contamos com diversos parceiros e o mais importante foi o resultado do trabalho percebido no olhar de agradecimento de cada mulher.





Matéria: Profissionais dos municípios da VI regional   do Mãe Coruja 
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana







Municípios da VI regional do Mãe Coruja Arcoverde participam de movimentação do Maio Amarelo





     Os Círculos de Educação e Cultura e os Cantos Mãe Coruja dos municípios da GRE ARCOVERDE e VI GERES vivenciaram no mês de maio e início de junho os eventos de Conclusão do Módulo I (Mulher) com atividades de avaliação do módulo, dinâmicas, entregas de certificados e palestras com temáticas relacionadas à Campanha do MAIO AMARELO.

    O MAIO AMARELO é um movimento internacional de conscientização para redução de acidentes de trânsito. E foi abraçado de maneira mais significativa pelo Comitê Regional de Prevenção de Acidentes de Moto- CRPAM no município de Arcoverde que realizou com vários parceiros ao longo do mês de maio várias ações como panfletagens nos semáforos e cruzamentos, palestras nas escolas municipais e estaduais, blits da Lei SECA . Os profissionais do Programa Mãe Coruja apoiaram as ações realizadas no município além de proporcionar para as mulheres dos Círculos palestras sobre o tema com parceiros da ARCOTRANS.

    No município de Buíque contamos com a parceria da Escola Estadual Vigário João Inácio e a palestra foi ministrada por estudantes do 3º Normal Médio, que atuam como moto taxistas. Em Tupanatinga contamos com as palestras dos Policiais do Trânsito José Inácio e Fernando e também com a parceria da Psicóloga Irla e a Nutricionista Rafaela. A mãe Maria José dos Santos apresentou um cordel de sua autoria descrevendo a satisfação de estar participando do Programa.
    Em Ibimirim contamos com a parceria da Policial Militar Vanessa, que esclareceu a importância de um trânsito seguro. Já em Sertânia o debate sobre o Maio Amarelo foi conduzido pelas professoras junto à coordenadora pedagógica. Em Venturosa a fala dos policiais militares Sargento Leite e Samuel Gomes foi bastante proveitosa, esclareceu dúvidas e mostrou o alto índice de mortos e feridos no trânsito.
   O Senhor Cícero Cosmo, presidente do Conselho Municipal de Saúde, foi quem ministrou a palestra de Inajá. Na ocasião houve ainda depoimentos de pessoas que perderam seus familiares, uns por estarem alcoolizados e outros por sofrerem a consequência da imprudência no trânsito. A aluna do Circulo de Educação e Cultura, Maria Aparecida Ramos da Silva, relatou: “É bom ter movimento como esse para gente ter cuidado com nossos filhos no trânsito.”.
     A equipe da Pedra também contou com a parceria da Polícia Militar e realizou um trabalho de conscientização muito significativo. Já a equipe de Manarí participou junto com as mulheres do Evento do Maio Amarelo promovido pelo Município. Por fim, o Círculo de Educação e Cultura e o Canto Mãe Coruja realizou junto a Escola Municipal Ernesto de Queiroz com o apoio da Polícia de Trânsito o Evento do maio Amarelo destinado às mulheres do Programa Mãe Coruja e aos estudantes da Escola Municipal.






Matéria: Profissionais dos municípios do Mãe Coruja da VI regional
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana






Orocó - Mãe Coruja se une ao clamor do Velho Chico






    No último dia 03 de junho o Programa Mãe Coruja Pernambucana de Orocó, participou do ABRAÇO AO VELHO CHICO. Uma atividade realizada pela Secretaria de Saúde deste município. O movimento trouxe como tema para reflexão: “Mexeu com rio, mexeu comigo”.

    O evento contou ainda com a participação dos alunos do 3º ano do ensino médio da Escola de Referencia Jacob, representante do Movimento Social dos Tetos, presidente do Sindicato do Projeto Brígida, Agentes Comunitários de Saúde, Representante do grupo da terceira idade e população em geral.

    Foi um momento de muita reflexão e conscientização sobre a poluição que causamos ao rio São Francisco. "A sociedade ainda não acordou para os prejuízos que tem causado ao rio. Ainda não percebe que se o rio secar não haverá mais vida. O nosso rio é nossa fonte de vida. É preciso acordar para a preservação urgente do rio, antes que ele desapareça, pois já é notável sua diminuição". 

  Na oportunidade todos os presentes fizeram a coleta de lixo que tomava conta das margens do rio. Foi um ato de amor à vida, não somente a vida do rio, mas também a vida de cada um de nós, pois dependemos inteiramente dele. 







Matéria Profissionais do Mãe Coruja em Orocó -  Ana Maria de Araújo Santos e Marizete Alves de Santana Lima
Revisão: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana



quarta-feira, 17 de junho de 2015

Araçoiaba - Mãe Coruja realiza aulão com o tema: "Sou criança! Respeitar os meus direitos é garantir o meu futuro"





E foi com o tema, Sou criança! Respeitar Meus direitos é garantir o meu futuro, que os Círculos de Educação e Cultura em Araçoiaba deram início as atividades do II Módulo. O aulão aconteceu no canto Mãe Coruja e estavam presentes a equipe do Mãe Coruja local, mulheres cadastradas no Programa e representantes do Conselho Tutelar do município os quais realizaram a abordagem do tema. Na ocasião por meio de uma roda de conversa os conselheiros enfocaram seu papel no município, os direitos da criança e da importância dos pais na garantia destes direitos aos seus filhos, da proteção e da atuação positiva na vida deles. Foi um momento muito proveitoso e informativo, pois as mulheres participaram ativamente dos diálogos expondo suas opiniões, vivências e dúvidas.


Matéria: Profissionais do Mãe Coruja em Araçoiaba
Revisâo: Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana




Programa Mãe Coruja Pernambucana na busca de políticas públicas positivas para a primeira infância



     



 Nesta segunda-feira (15/06), a diretora de Políticas Estratégicas do Programa Mãe Coruja Pernambucana, Ana Elizabeth de Andrade Lima e Virgínia Holanda, Gerente de Monitoramento do Programa Mãe Coruja se reuniram com a parlamentar Simone Santana, que congregou representantes da sociedade civil organizada e de entidades governamentais para fortalecer o debate e articular forças por políticas públicas positivas para a Primeira Infância em Pernambuco, tema que está sendo amplamente trabalhado pelo Programa Mãe Coruja Pernambucana
          Participaram também deste primeiro momento: Representantes das Redes Nacional e Estadual da Primeira Infância, Secretaria de Educação do Estado, Conselho Estadual da Criança e do Adolescente, Mãe Coruja do Ipojuca e Secretarias de Educação do Ipojuca e de Jaboatão dos Guararapes. A reunião aconteceu no auditório Anexo Nilo Coelho, na Assembléia Legislativa do Estado - ALEPE, com o objetivo de articular forças por políticas públicas positivas para a primeira infância. Ficou marcado para o dia 26 deste mês mais um encontro com todas estas representações onde será apresentado um diagnóstico de toda movimentação com a primeira infância em Pernambuco.



Matéria: Virgínia  Holanda - Gerente do Programa Mãe Coruja Pernambucana
Coordenação de Comunicação e Arte do Programa Mãe Coruja Pernambucana